Slider 4 1 1 Slider 5
1 2 3 4
Oie, eu sou a Dani! Tenho 23 anos e sou formada em Estética e Cosmética. Como legítima aquariana, sempre vivo com a mente à mil por hora. Sou apaixonada por qualquer tipo de arte. Maior sonho, conhecer o mundo!

Microagulhamento - Benefícios e Perigos

Faz um tempão que não faço post sobre Estética por aqui, não é? Me desculpem amores.. Eu sei que vocês amam esses posts e eu também adoro falar sobre a minha área. Prometo voltar com mais frequência nesses temas, tá bom?






Ouviu falar em Microagulhamento? Dermaroller? Calma que eu vou te explicar!
Microagulhamento é uma técnica o qual utiliza um aparelho manual chamado de roller, esse possui várias microagulhas que o tamanho pode variar de 0,25mm até 3,0mm. A intenção é perfurar a pele para assim melhorar a produção de colágeno e elastina.

Mas como funciona? 
Quando a agulha penetra na pele causa uma lesão e a partir dessa o organismo entende que o local precisa ser regenerado.

Inicialmente, com a passagem do rolo, acontece a perda da integridade da barreira cutânea sendo o alvo a dissociação dos queratinócitos que resulta na liberação de citocinas, entre elas a interleucina -1ª que predomina, resultando em vasodilatação dérmica e a migração de queratinócitos para o reestabelecimento do dano na epiderme (LIMA, LIMA e TAKANO, 2013).
Logo acontece o processo de cicatrização que divide-se em três partes; a primeira a injúria que é a liberação de plaquetas e neutrófilos que são responsáveis pela liberação de fatores de crescimento (LIMA, LIMA e TAKANO, 2013).
Na segunda fase da cicatrização, quando os neutrófilos são substituídos por monócitos, e ocorrem angiogênese, epitelização e proliferação de fibroblastos, seguidas da produção de colágeno tipo III, elastina, proteoglinas e glicosaminoglicanos. No mesmo momento, o fator de crescimento dos fibroblastos, o TGF-a o TGF-ß são secretados pelos monócitos. Cinco dias depois do procedimento, aproximadamente, a matriz de fibronectina está formada, possibilitando o depósito de colágeno logo abaixo da camada basal da epiderme. (LIMA, LIMA e TAKANO, 2013).
Na terceira fase, a maturação, o colágeno tipo III começa a ser substituído por colágeno tipo I que é um colágeno com mais qualidade (LIMA, LIMA e TAKANO, 2013).


















Indicações
Indicado para tratar flacidez, rugas e linhas de expressão, estrias, sequelas de acne e em cicatrizes atróficas.

Existe contra-indicação?
SIM! Se você tem má cicatrização com formação de queloide esse não é um tratamento indicado. Além disso a técnica é contra indicada em casos de: doença vascular, gravidez, acne e herpes ativa, rosácea, câncer de pele, alergia ao metal, ceratose solar, verrugas, pele sensível e principalmente diabetes.

É um procedimento caro? 
SIM! É proibido utilizar o mesmo aparelho em pessoas diferentes e até mesmo mais de uma vez em uma única pessoa. Segundo a ANVISA o aparelho deve ser descartado pois não existe um método de higienização eficaz, já que ele não aguenta o calor da autoclave e não esteriliza com álcool 70.
Desse modo acaba sendo um procedimento bem caro, já que você precisa comprar um roller a cada sessão.

Como esteticista, qual o tamanho da agulha que devo usar?
Para o profissional de estética é permitido usar até 0,5mm. Acima disso somente uso médico.

Em sites na internet encontro o roller por um preço mais barato, compensa? 
Pelo amor de Deus, NÃO! Já vi muitas pessoas comprando na internet em qualquer site, mas lembre-se que o aparelho precisa ter registro da ANVISA. Isso garante a qualidade e validade das agulhas. Estamos falando da saúde da sua pele.

Qual o intervalo de cada sessão?
O intervalo mínimo entre as sessões é de 21 dias. Esse é o período de regeneração do tecido e da produção de colágeno pelos fibroblastos.

Existem cuidados pré e pós tratamento?
Sim, o uso de cosméticos varia de acordo com cada tipo de pele e será indicado pelo profissional.

Posso tomar sol?
É importante lembrar que durante o tratamento o uso do protetor solar é essencial, porém no dia da sessão deve evitar o uso do filtro. O mais aconselhado é fazer o procedimento no final da tarde.

Esse é um procedimento que exige estudo sobre anatomia, fisiologia e cosméticos. Somente um profissional capacitado da área pode realizar.
Como profissional acho importante deixar isso bem claro, pois já vi muitas blogueiras fazendo vídeo ensinando como fazer em casa. Isso é um procedimento invasivo e perigoso, não é qualquer coisa.

Espero que tenham gostado, amores!!
Qualquer dúvida comente aqui.
Um Beijinho.

6 comentários:

  1. Ei Dani,
    Muito interessante e esclarecedor seu post, ultimamente só se ouve falar nesse tal de microagulhamento.
    Bjs

    www.vireimoda.com
    www.instagram.com/blogvireimoda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pamela, fico feliz que eu tenha sido clara e que você tenha gostado!!
      Um Beijo linda!

      Excluir
  2. Caramba, eu ainda não conhecia essa técnica. Parece ótima, pena que é caro né.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótima essa técnica, dá muito resultado!! Sim, uma pena.. mas é um investimento que vale a pena :)

      Excluir
  3. Primeiramente quero dizer que estou super feliz de encontrar uma blogueira que é esteticista, eu estudo e também tenho um blog focado nisso! Adorei seu post, o microagulhamento é um dos cursos soltos que vou investir pois acho muito bacana!
    Já ganhou uma seguidora, obviamente.
    Um beijo.
    www.esteticando-se.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda, poxa muito obrigada!! Fiquei feliz com o seu comentário. Com tantos blogs por aí, sempre vejo as blogueiras falando sobre assuntos pertinentes a nossa área de maneira errada, sem passar uma informação com base em estudos. Que legal, vou conferir o seu blog, é isso aí.. estamos aqui para fazer a diferença. Boa sorte!!
      Um beijo.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
By Iâni Naíra